Em nome de Allah, O Misericordioso, O Misericordiador

Fórum Brasil & Países Árabes ocorrerá em formato virtual

Fórum Brasil & Países Árabes ocorrerá em formato virtual

Câmara Árabe realizará o evento, que já se tornou um ponto de encontro entre brasileiros e árabes, em plataforma virtual de 19 a 22 de outubro. Vão participar lideranças, empresários e representantes de entidades do Brasil e países árabes. Inscrições estão abertas.

O evento que se tornou o grande ponto de encontro entre brasileiros e árabes, o Fórum Econômico Brasil & Países Árabes, vai ocorrer de forma virtual de 19 a 22 de outubro. Promovido pela Câmara de Comércio Árabe Brasileira e norteado pelo tema “O Futuro é Agora”, o encontro reunirá todos os elos da relação entre Brasil e países árabes, desde representantes do setor público, entre eles alguns líderes dos países, até instituições, como as câmaras de comércio, e empresas. Na foto acima, a edição de 2018.

O fórum comportará um espaço de discussões, com painéis e assinaturas de acordos, e outro com exposição de empresas brasileiras e árabes. O primeiro será realizado em uma plataforma de streaming ampliada, com as palestras traduzidas para o árabe, o português e o inglês, e o segundo em um ambiente digital 3D com cenografia feita por computação gráfica. Todos poderão ser acessados pelo mesmo link, onde haverá a opção de transitar pela exposição virtual ou acompanhar o fórum de debates.

O encontro estava previsto para ocorrer de forma presencial em abril deste ano na capital paulista, também com o tema “O Futuro é Agora”, mas foi postergado em função da pandemia do coronavírus. O presidente da Câmara Árabe, Rubens Hannun, afirma que o fórum ganhou forte simbolismo neste momento. “A adequação do tema se manteve, mas ganhou outro significado porque o futuro é isso que estamos vivendo, algo totalmente imponderável”, afirmou ele para a reportagem da ANBA. Segundo Hannun, o futuro chegou e não é possível esperar para ver como será seu design. “Temos que fazer esse design agora”, diz.

Além do tema do futuro que se fez presente, que permeará todos os debates, cada um dos quatro dias terá um assunto. No primeiro dia será discutida a perspectiva para o Brasil e os países árabes no novo cenário global, no segundo haverá um questionamento sobre a existência de uma nova ordem mundial, no terceiro o tema será segurança alimentar e a parceria estratégica entre árabes e brasileiros na área, e no último dia o assunto será a relevância no contexto atual da governança ambiental, social e corporativa.

O tema da governança foi pensado especialmente para o encerramento do fórum. “Esse tema final é muito simbólico, é sobre o rumo que queremos dar para esse mundo em que estamos vivendo”, afirma Hannun. Todas as demais abordagens, ordem mundial, perspectivas para os países ou segurança alimentar, convergem para a necessidade dessa governança. “Tudo isso precisa de sustentabilidade, precisa de uma sociedade cuidada e forte, precisa de corporações conscientes e temos que discutir como fazer isso”.

O fórum ocorre em um ambiente adaptado para a nova realidade, o virtual, e se debruçará sobre uma relação também transformada pelo atual cenário, a relação dos árabes e brasileiros. Hannun lembra que para os árabes o contato presencial sempre foi muito importante nos negócios e essa possibilidade foi afetada. Ele conta que a Câmara Árabe, no entanto, trabalhou para que a relação entre árabes e brasileiros se mantivesse mesmo em tempos de covid-19. “Trouxemos essa relação para o digital”, diz.

Desde o início da pandemia, a Câmara Árabe fez várias ações linkadas com o mundo virtual, como webinares reunindo árabes e brasileiros, a criação de um comitê formatado de forma online para atender as demandas árabes pelo Brasil durante a covid-19, além do anúncio da criação do Lab CCAB, um laboratório para fomento de empresas com negócios inovadores e tecnológicos que envolvam as relações Brasil-países árabes. O fórum online deve ser o ponto alto dessa ligação digital entre as regiões.

Dois caminhos

O presidente da Câmara Árabe lembra que chegará o momento em que será possível novamente o contato pessoal entre árabes e brasileiros e que estarão, então, construídas duas vias de relacionamento, a virtual e a presencial. “Vai melhorar muito porque teremos esses dois mundos”, diz. Esperar a normalização das atividades presenciais para seguir com o relacionamento seria como congelar tudo por um tempo para depois retornar, e retornar em um mundo que foi modificado pelos acontecimentos, analisa Hannun.

“Se a gente deixasse para fazer depois, dois mais dois seriam no máximo quatro. Fazer agora é fazer com que dois mais dois sejam muito mais que quatro. Se não fizéssemos agora não estaríamos fazendo o papel da Câmara Árabe de conectar árabes e brasileiros. Se não dá para conectar presencialmente, temos que achar um jeito, nosso papel é esse”, afirmou Hannun.

Durante o fórum serão apresentados dados de pesquisa divulgada neste ano pela Câmara Árabe sobre a imigração árabe no Brasil. A pesquisa foi feita pela H2R Pesquisas Avançadas e o Ibope Inteligência. “Vamos mostrar ao mundo árabe o quanto o Brasil está integrado aos árabes e que essa comunidade é uma força do Brasil junto aos árabes”, diz Hannun. Também será dada uma prévia de outra pesquisa feita na pandemia sobre os novos hábitos de consumo nos países árabes e o novo comportamento das empresas árabes e brasileiras no B2B, realizada pela Asfour, uma rede de institutos de pesquisa montada pela H2R nos países árabes.

Mais acesso

A Câmara Árabe quer receber árabes e brasileiros, além de estrangeiros de outros países, no Fórum Econômico Brasil-Países Árabes. Hannun afirma que o formato online facilitará o acesso ao evento e traz a perspectiva de que participem pessoas de países árabes com os quais o Brasil ainda não tem tanto contato, como Ilhas Comores e Somália. As pessoas poderão assistir e ver as partes do evento que as interessam, de acordo com sua disponibilidade de tempo e agenda. As inscrições para o fórum estão abertas e são gratuitas. A realização do evento tem apoio da União das Câmaras Árabes e da Liga Árabe.

Serviço:

Fórum Econômico Brasil & Países Árabes
De 19 a 22 de outubro de 2020
Das 9h às 13h30 (na abertura, dia 19, começa 8h30)
Inscrições aqui

Fonte: ANBA

Obter a certificação Halal
Inspeção islâmica - Siil Halal
TELEFONE+55 (49) 3323.1224
Av. Porto Alegre, 427D
Ed. Lázio Executivo, Sala 702
Chapecó - Santa Catarina - Brasil
CEP:89.802-130
Redes sociais
© Copyright 2018. Todos os direitos reservados.