Em nome de Allah, O Misericordioso, O Misericordiador

Diplomata está otimista sobre relação Brasil-países árabes

Diplomata está otimista sobre relação Brasil-países árabes
Em entrevista à ANBA, o embaixador da Liga Árabe em Brasília, Qais Marouf Kheiro Shqair, falou das perspectivas nas relações do País com o mundo árabe a partir da visita do presidente Jair Bolsonaro à região em outubro.

O embaixador da Liga Árabe no Brasil, Qais Marouf Kheiro Shqair, está otimista quanto ao relacionamento do Brasil com os países árabes. Em entrevista à ANBA, o diplomata falou das perspectivas da relação das duas regiões, citando a visita que o presidente Jair Bolsonaro fará ao Oriente Médio em outubro, e disse acreditar que o Brasil pode ter um papel de mediador na questão Palestina-Israel. Ele também é forte defensor de que se aprofunde os laços econômicos entre Brasil e árabes.

“As relações se desenvolveram”, disse. O embaixador esteve recentemente no Ministério das Relações Exteriores conversando sobre temas que envolvem o relacionamento do Brasil com os países árabes, incluindo a viagem do presidente brasileiro. Bolsonaro deve visitar Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos e Catar, mas o diplomata também falou sobre a possibilidade de estender o roteiro para mais países árabes. Shqair gostaria de ver o presidente conhecendo a Jordânia, entre outras nações. “Até agora, as coisas estão mudando positivamente”, disse Shqair.

O embaixador acredita que é preciso trabalhar para melhorar os laços econômicos entre o Brasil e os países árabes. “Isso é muito importante”, afirmou. Shqair lembra o tamanho dos mercados do Brasil e dos países árabes, o primeiro com cerca de 200 milhões de habitantes e o segundo com mais de 300 milhões. “É um grande mercado”, diz o embaixador sobre os países árabes. Ele também vê o potencial do Brasil. “O Brasil tem muitas perspectivas, muitas oportunidades”, disse, se mostrando ansioso pelo aumento das relações econômicas. “Paramos por um tempo de promover a parte econômica, mas eu acho que a visita será uma boa chance para o presidente”, afirma Shqair.

O embaixador percebe o Brasil diante da oportunidade de ser um mediador imparcial no Oriente Médio. Ele afirma que o Brasil é um país muito bem-vindo no mundo árabe. “Nós amamos o Brasil, desde crianças, eu nasci amando o Brasil, não só eu, cada um no mundo árabe”, disse o embaixador, complementando que os países árabes não se importam que o Brasil promova relações com qualquer outro país, incluindo Israel. “Para nós, é um crédito, é um crédito para o Brasil ser um mediador”, disse ele para a ANBA. O Brasil pode ajudar a aliviar o conflito entre Israel e Palestina e até a resolvê-lo, segundo o entendimento do embaixador.

Há cerca de nove meses no cargo, o diplomata participou em abril de um jantar que o governo brasileiro promoveu para embaixadores e representantes do mundo árabe e islâmico, em Brasília, no qual estiveram o presidente Jair Bolsonaro, a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, e o chanceler Ernesto Araújo, entre outras autoridades. Shqair espera por mais oportunidades de diálogos e acredita que o Brasil e países árabes podem fazer muito juntos na área econômica, não apenas com trocas comerciais, mas com investimentos conjuntos e parcerias estratégicas.

O embaixador da Liga Árabe falou para a ANBA antes da conclusão da viagem do deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente Bolsonaro e presidente da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional da Câmara, aos Emirados Árabes, na última semana, na qual ele confirmou a viagem presidencial à região.

Fonte:Anba

Obter a certificação Halal
Inspeção islâmica - Siil Halal
TELEFONE+55 (49) 3323.1224
Av. Porto Alegre, 427D
Ed. Lázio Executivo, Sala 702
Chapecó - Santa Catarina - Brasil
CEP:89.802-130
Redes sociais
© Copyright 2018. Todos os direitos reservados.