Em nome de Allah, O Misericordioso, O Misericordiador

Relação entre Brasil e Arábia Saudita ainda mais fortalecida

Relação entre Brasil e Arábia Saudita ainda mais fortalecida

Esta é a opinião do executivo Chaiboun Ibrahim Darwiche, CEO de uma das mais importantes certificadoras Halal do Brasil, a Siil Halal

Por Arthur Rodrigo Ribeiro

Chapecó, 2 de julho de 2019 - Após participação oficial do governo brasileiro na 14ª reunião da cúpula do G20 realizado em 28 e 29 de junho na cidade de Osaka (Japão) a sensação coletiva é de dever cumprido. Isso porque além da comitiva ter retornado ao Brasil selado o acordo de Livre Comércio junto à União Europeia, grupo de 28 países que contam com mais de 25,8 milhões de muçulmanos (dados de 2016) e com expectativa de concentrar 75,5 milhões de pessoas, ou seja, 14% do total da população do bloco econômico até 2050 levando em consideração um cenário elevado do fluxo de imigração, outro ponto alto da participação brasileira foi a reunião do presidente Jair Messias Bolsonaro com o príncipe saudita Mohammed bin Salman ocorrida paralelamente a agenda oficial.

Para o CEO da Siil Halal, Chaiboun Darwiche, este foi um ato que reforça o mútuo interesse entre seus líderes. “A parceria entre Brasil e Arábia Saudita não é de agora. Mantemos um intercâmbio saudável construído ao longo de muitos anos”, salienta o executivo.

Prova disso são as exportações agrícolas direcionadas para o país saudita. “De maio a abril por exemplo a Arábia Saudita respondeu por US$ 656 milhões dos produtos agrícolas nacionais, em especial carne de frango, açúcar e carne bovina”, destaca Chaiboun Darwiche.

Neste sentido, o empresário garante que a aproximação de seus líderes ocorrida no dia 29 de junho, mesmo que paralela a cúpula do G20, e relatada via redes sociais por seus líderes e meios de comunicação saudita demonstram que mais investimentos virão para a mais variadas áreas. “Esta afirmação do presidente da República anima o mercado. Seu post no micro blog deixa claro o interesse do governo brasileiro estar ainda mais próximo dos sauditas”, destaca Chaiboun.

De acordo com o portal Terra, o presidente destacou que o Brasil está de braços abertos para a comitiva saudita e estuda a possibilidade de viajar em outubro para a Arábia Saudita.

Confira abaixo depoimento na íntegra do presidente da república sobre a relação entre Brasil e Arábia Saudita:

“Firme em minha determinação de trazer investimentos para nosso país, conversei com o Príncipe Mohammad bin Salman da Arábia Saudita, maior economia do mundo árabe, sobre oportunidades de investimento no Brasil. Estamos adotando uma posição muito mais equilibrada no Oriente Médio”, Jair Messias Bolsonaro pelo Twitter.

Já a Saudi Agency Press (SPA - Agência de Notícias Saudita) abordou de forma positiva este encontro dos líderes. Segundo a SPA durante a conversa entre Bolsonaro e o príncipe há interesse dos sauditas pela cooperação com o Brasil e com olhos votados para todos os campos.

Chaiboun Darwiche relata: “Enxergo com bons olhos estes movimentos. Desde o jantar realizado em Brasília com a participação da Ministra Tereza Cristina ficou claro o posicionamento do governo brasileiro de celebrar ainda mais acordos comerciais entre o Brasil e os países árabes”.

Obter a certificação Halal
Inspeção islâmica - Siil Halal
TELEFONE+55 (49) 3323.1224
Av. Porto Alegre, 427D
Ed. Lázio Executivo, Sala 702
Chapecó - Santa Catarina - Brasil
CEP:89.802-130
Redes sociais
© Copyright 2018. Todos os direitos reservados.