Em nome de Allah, O Misericordioso, O Misericordiador

Exportações de carne de frango cresceram 14,4%

Exportações de carne de frango cresceram 14,4%
Brasil exportou 381,1 mil toneladas em maio. Aumento de compras dos Emirados foi um dos destaques do mês, segundo ABPA.

As exportações brasileiras de carne de frango cresceram 14,4% em maio sobre o mesmo mês do ano passado, segundo dados divulgados nesta sexta-feira (7) pela Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA). O País enviou ao exterior 381,1 mil toneladas de frango in natura e processado, volume que é superior em 48 mil toneladas sobre a quantidade embarcada em maio de 2018.

A receita gerada com esses embarques avançou ainda mais, em 27,3%em relação ao quinto mês do ano passado, com US$ 658,9 milhões. No acumulado do ano, de janeiro a maio, as exportações e carne de frango avançaram menos, 3,6% em volume para 1,65 milhão de toneladas, e 6,3% em valores, com US$ 2,7 bilhões.

Em maio, os Emirados Árabes Unidos foram destaque como destino de exportação. O Brasil vendeu ao país árabe 30,7 mil toneladas, 8,2% do total dos embarques e volume 49% maior do que o embarcado em maio do ano passado.

Segundo a ABPA, o grande destaque do mês foi a China, que respondeu por 14,7% das compras internacionais de carne de frango do Brasil. O país asiático comprou 54,8 mil toneladas, volume que avançou 49% sobre o mesmo mês de 2018. A União Europeia expandiu as importações em 26% para 26,2 mil toneladas.

“A China se isolou como principal destino dos embarques brasileiros. O efeito gerado no mercado pela crise sanitária no país asiático impulsionou as importações, o que gerou efeitos, também na rentabilidade do mercado, com elevação de preços médios”, disse Francisco Turra, presidente da ABPA, em material divulgado pela entidade.

A China foi o maior mercado da carne de frango brasileira também de janeiro a maio, com 208,2 mil toneladas compradas e 12,8% do total, mas a Arábia Saudita veio logo em seguida, com 195 mil toneladas e 12%. O Japão foi o terceiro maior comprador em volume, com 164,5 mil toneladas e 10,1% do total, seguido de Emirados, com 157,9 mil toneladas e 9,7% do total, e de África do Sul, com 117,5 mil toneladas e 7,2%.

Fonte: ANBA

Obter a certificação Halal
Inspeção islâmica - Siil Halal
TELEFONE+55 (49) 3323.1224
Av. Porto Alegre, 427D
Ed. Lázio Executivo, Sala 702
Chapecó - Santa Catarina - Brasil
CEP:89.802-130
Redes sociais
© Copyright 2018. Todos os direitos reservados.